Carteira de Investimentos

Buenas!

Aproveitando o feriado para atualizar o blog e cumprir o prometido de detalhar a carteira de investimentos. A carteira está dividida em ações, FII e títulos públicos.

Ações

O início foi meio arbitrário, comprando ações sem o cuidado com as taxas envolvidas. Principalmente porque os valores não foram grandes e estas taxas acabaram inflando o preço unitário. Aqui a falta de experiência e a ansiedade de comprar podem ter causado um pequeno prejuízo. 

A maior parte do investimento em ações será para o longo prazo, em empresas com boa distribuição de dividendos.

FII

Os problemas na compra das ações também valem para FII. Comprei 5 cotas de RNGO11 e também não prestei atenção nas taxas, ou seja, o preço unitário ficou elevado em comparação com o valor de compra unitário.

Tenho grande interesse em FII e gosto da ideia de ver o dinheiro do aluguel pingando todo mês na conta.

Títulos públicos

Diferente do investimento em renda variável a compra dos títulos públicos foi mais organizada. Fiz o curso Carteira Rica - Módulo Tesouro Direto do Eduardinho e isso me ajudou bastante. Fui comprando Tesouro IPCA+ 2035 com taxas a partir de 5,93% até 6,55% na última compra.

Estes títulos serão vendidos quando as taxas caírem bastante e chegarem próximo dos 4%.

No final de março a carteira estava distribuída da seguinte forma:




A maior parte estava em renda fixa devido as ótimas taxas no período. Para o mês de abril isto mudou um pouco, mas é assunto para o próximo post.

Abraços.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Patrimônio Financeiro Dezembro/2017: R$ 430.626,09 (+3,32%)